Seguidores

sábado, 29 de março de 2014

Temas de redação – Mackenzie – 2013

Temas de redação – Mackenzie – 2013


Temas de redação – Mackenzie – Vestibular 2013 - 1º semestre

Redija uma dissertação a tinta, desenvolvendo um tema comum aos textos abaixo.
Obs.: A redação deve ter título e estabelecer relação entre o que é apresentado na coletânea.

Texto I

O rapaz irresponsável bebeu, dirigiu, atropelou, arrancou o braço do ciclista responsável que estava indo trabalhar, não o socorreu e jogou tal parte de seu corpo no rio. Não entendi quando o pai do atropelador disse: “Eu quero que meu filho pague, mas sem excessos”. O tal excesso quem praticou foi o filho dele. E fica tudo bem? [...] Se o Brasil fosse um país com leis e pessoas sérias, o responsável pelo acidente pegaria uns cinquenta anos de prisão. A vida desse inconsequente vai prosseguir sem traumas, com um pai alisando sua cabeça. [...]

Carta de leitor, publicada na Revista Veja São Paulo, 27/03/2013, p. 9

Texto II

O número de casos de acidentes de trânsito com vítimas diminuiu 6,9% no Estado de São Paulo desde as mudanças na lei seca, que endureceu a fiscalização da embriaguez ao volante no país. Desde dezembro do ano passado, o Contran (Conselho Nacional de Trânsito) determinou que depoimentos da polícia, vídeos, testes clínicos e testemunhos podem ser usados para comprovar a embriaguez ao volante. Já em janeiro deste ano, o órgão reduziu a margem de tolerância no teste do bafômetro. O Contran determinou também que o motorista que tiver qualquer vestígio de álcool em exame de sangue pode ser multado em R$ 1.915,40 e ter a carteira de habilitação suspensa por até um ano.

http://www1.folha.uol.com.br, 25/03/2013

Texto III


Temas de redação – Mackenzie – Vestibular 2013 - 2º semestre

REDAÇÃO – Grupos I – IV – V – VI

Redija uma dissertação a tinta, desenvolvendo um tema comum aos textos abaixo.
Obs.: O texto deve ter título e estabelecer relação entre o que é apresentado nos textos da coletânea.

Texto I

Muitas vezes, tomamos conhecimento de movimentos nacionais e internacionais de luta contra a fome. Ficamos sabendo que, em outros países e no nosso, milhares de pessoas, sobretudo crianças e velhos, morrem de penúria e inanição. Sentimos piedade. Sentimos indignação diante de tamanha injustiça (especialmente quando vemos o desperdício dos que não têm fome e vivem na abundância). Sentimos responsabilidade. Movidos pela solidariedade, participamos de campanhas contra a fome. Nossos sentimentos e nossas ações exprimem nosso senso moral.

Marilena Chauí, filósofa

Texto II

Em todo o mundo joga-se fora ou perde-se, por ano, 1,3 bilhão de toneladas de alimentos, o equivalente a um terço da produção total e mais da metade da colheita de cereais. Num cenário em que a população do planeta deve saltar dos atuais 7 bilhões para 9 bilhões de habitantes até 2050, impõe-se a revisão urgente dos padrões de consumo e de produção alimentar. Assim, o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma) e a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) decidiram lançar uma campanha de conscientização para tentar reduzir o desperdício que se verifica, em maior ou menor grau, em todos os países.

O Estado de S.Paulo, 02/02/2013

Texto III

De acordo com um levantamento da FAO (sigla em inglês para “Food and Agriculture Organization”, agência especializada das Nações Unidas destinada a lidar com assuntos como este), apesar do número ainda grande de famintos, atualmente por volta de 1 bilhão de pessoas, pela primeira vez em quinze anos o número total de pessoas em situação de insegurança alimentar registrou queda de 10%. Outro dado positivo é que, atualmente, as chamadas fronteiras da fome, ou seja, o conjunto de países com problemas crônicos de distribuição alimentar, vem diminuindo.

www.infoescola.com, acesso em setembro de 2013


REDAÇÃO – Grupos II – III

Redija uma dissertação a tinta, desenvolvendo um tema comum aos textos abaixo.
Obs.: O texto deve ter título e estabelecer relação entre o que é apresentado nos textos da coletânea.

Texto I

Quando se espalhou por São Paulo um protesto contra o aumento de 20 centavos na passagem de ônibus, todo mundo sentiu uma coisa bem maior. Tão maior, mais inebriante, mais mobilizadora, mais assustadora e mais apaixonante que, em uma semana, multidões bem acima de 1 milhão de pessoas jorraram Brasil afora na histórica noite de quinta-feira. Todos os parâmetros comparativos anteriores, como Diretas Já e Fora Collor, empalideceram diante do abismo aberto entre os representantes dos poderes, de um lado, e o poder dos que se sentem muito mal representados, de outro.

Veja, Edição 2327, 26 de junho de 2013, página 61.

Texto II

Texto III

Apoio o movimento quando ele se organiza de forma civilizada e temo quando ele serve aos piores e mais torpes desejos do ser humano.

Mariza Leão, produtora de cinema.



PREPARE-SE PARA OS PRINCIPAIS VESTIBULARES DO PAÍS. ADQUIRA AGORA MESMO O PROGRAMA 500 TEMAS DE REDAÇÃO!




Leia também:
Temas de redação – Fuvest – 2009 – 2012
Temas de redação – Enem – 2010 – 2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário