Seguidores

sexta-feira, 2 de março de 2012

REGÊNCIA VERBAL – I

REGÊNCIA VERBAL – I

Regência é o nome que se dá ao estudo das relações entre o verbo e seu complemento ou entre o nome e seu complemento. Regência verbal quando se referir ao verbo, e regência nominal quando se referir ao nome (substantivos, adjetivos e advérbios). O termo que pede o complemento é chamado de regente ou subordinante, enquanto o termo que completa o regente é chamado de regido ou subordinado.

Observe a tirinha abaixo.


O personagem Calvin utilizou o verbo “assistir” de acordo com a norma culta, usando-o como verbo transitivo indireto no sentido de “ver, observar”.

Lembre-se da nomenclatura utilizada quanto à transitividade verbal:

V.T.D. – Verbo Transitivo Direto
V.T.I. – Verbo Transitivo Indireto
V.T.D.I. – Verbo Transitivo Direto e Indireto
V.L. – Verbo de Ligação
V.I.– Verbo Intransitivo

Vejamos alguns verbos cujas regências costumam confundir bastante o aluno.

1 – Assistir

Transitividade
Sentido
Exemplo
VTI
Ver, Observar
Você assistiu ao jogo ontem?
VTI
Caber, pertencer
É um direito que assiste a todos os contribuintes.
VTD
Prestar assistência, ajudar
Os enfermeiros assistiram o doente.
VI
Morar, residir
Luís assiste atualmente em Maceió.

2 – Pagar, Perdoar

Transitividade
Sentido
Exemplo
VTI
Quando se refere a pessoas.
Não paguei aos credores.
Deus perdoa aos pecadores.
VTD
Quando se refere a coisas.
Paguei o débito do carro.
Deus perdoa os seus pecados.

Na verdade, esses dois verbos serão sempre VTDI, mas é bastante comum que um dos objetos fique subentendido.

3 – Simpatizar, Antipatizar

Transitividade
Sentido
Exemplo
VTI
Não podem ser usados como pronominais.
Eu simpatizo com você.
Eu antipatizo com a minha sogra.


É comum encontrarmos os dois verbos sendo usados como pronominais, forma inadequada de acordo com a norma culta:

Eu me simpatizo com você.
Eu me antipatizei com ela.

Nos dois casos acima não se usa o pronome oblíquo átono me.

4 – Visar

Transitividade
Sentido
Exemplo
VTI
Almejar, pretender
Todos visam a uma vida de paz.
VTD
Mirar, pôr visto
O gerente visou todos os cheques.

5 – Implicar

Transitividade
Sentido
Exemplo
VTI
Ter implicância
Ela sempre implicava com o professor.
VTD
Acarretar, causar
Deixar o carro na calçada implica multa.

É bastante comum o uso do verbo implicar, no sentido de acarretar, como VTI com a preposição em, (“Deixar o carro na calçada implica em multa”), mas não é adequado segundo a norma culta.

6 – Agradar

Transitividade
Sentido
Exemplo
VTI
Ser agradável, satisfazer
A decisão do diretor agradou aos alunos.
VTD
Acariciar
A mulher agradou o marido.

7 – Aspirar

Transitividade
Sentido
Exemplo
VTI
Almejar, pretender
Ela aspirava a uma promoção na empresa.
VTD
Sorver, cheirar
Gosto de aspirar o ar puro do campo.

8 – Ensinar

Na tirinha abaixo há o uso do verbo ensinar como bitransitivo, conforme rege a norma padrão.


Transitividade
Sentido
Exemplo
VI
Doutrinar
André decidiu ensinar somente na faculdade.
VTD
Educar
Os pais também devem ensinar os filhos.
VTDI
Instruir, fazer conhecer
Pode ser usado no sentido de:
Ensinar algo a alguém
Ensinar alguém a fazer algo

Ensinei-lhe as capitais dos estados.
Ensinei-o a dirigir.

9 – Chamar

Transitividade
Sentido
Exemplo
VTI
Invocar
A mãe chamava pelo filho.
VTD
Convocar, fazer vir
Chamem todos para a prova.

O verbo chamar pode ser VTD ou VTI no sentido de apelidar, qualificar, denominar (acrescido do predicativo do objeto) e admite quatro formações:

Chamei-o arrogante.
Chamei-o de arrogante.
Chamei-lhe arrogante.
Chamei-lhe de arrogante.

10 – Obedecer, desobedecer

Transitividade
Sentido
Exemplo
VTI
Exigem a preposição “a”
Sempre obedeço ao professor.
O réu desobedeceu à ordem judicial.

11 – Chegar, ir

Transitividade
Sentido
Exemplo
VI
Exigem a preposição “a” para lugar
Chegamos a Florianópolis.
Vamos ao estádio do Morumbi.

Caso haja a ideia de permanência no local de destino, o verbo "ir" é usado com a preposição "para".

Iremos para Porto Alegre em busca de novos ares.

12 – Preferir

Transitividade
Sentido
Exemplo
VTDI
Escolher entre duas ou mais coisas
Prefiro o teatro ao cinema.

Segundo a gramática normativa, não se deve usar o verbo preferir reforçado com as palavras “menos” ou “mais”.


por Prof. Maurício Fernandes da Cunha - www.veredasdalingua.blogspot.com.br

EXERCÍCIOS DE VESTIBULARES E CONCURSOS

1. (UFPA) Assinale a alternativa que contém as respostas corretas.

I. Visando apenas os seus próprios interesses, ele, involuntariamente, prejudicou toda uma família.
II. Como era orgulhoso, preferiu declarar falida a firma a aceitar qualquer ajuda do sogro.
III. Desde criança sempre aspirava a uma posição de destaque, embora fosse tão humilde.
IV. Aspirando o perfume das centenas de flores que enfeitavam a sala, desmaiou.

a) II, III, IV
b) I, II, III
e) I, III, IV
d) I, III
e) I, II

2. (UNIMEP-SP) Quando implicar tem sentido de “acarretar”, “produzir como consequência”, constrói-se a oração com objeto direto, como se vê em:

a) Quando era pequeno, todos sempre implicaram comigo.
b) Muitas patroas costumam implicar com as empregadas domésticas.
c) Pelo que diz o assessor, isso implica em gastar mais dinheiro.
d) O banqueiro implicou-se em negócios escusos.
e) Um novo congelamento de salários implicará uma reação dos trabalhadores.

3. (Conc. Investigador de Policia) Assinale a alternativa que apresenta um desvio em relação à regência verbal.

a) Simpatizei com toda a diretoria e com as novas orientações.
b) Há alguns dos novos diretores com os quais não simpatizamos.
c) A firma toda não se simpatizou com a nova diretoria.
d) Somente o tesoureiro não simpatizou com a nova diretoria.

4. (Conc. Escrivão de Polícia) Assinale a alternativa em que o significado do verbo apontado entre parênteses não corresponde à sua regência.

a) Com sua postura séria, o diretor assistia todos os funcionários dos departamentos da empresa. (ajudar)
b) No grande auditório, o público assistiu às apresentações da Orquestra Experimental. (ver)
c) Esta é uma medida que assiste aos moradores da Vila Olímpia. (caber)
d) Estudantes brasileiros assistem na Europa, durante um ano. (observar)

5. (FUVEST) Indique a alternativa correta:

a) Preferia brincar do que trabalhar.
b) Preferia mais brincar a trabalhar.
c) Preferia brincar a trabalhar.
d) Preferia brincar à trabalhar. e) Preferia mais brincar que trabalhar

6. (FMU) Observe o verbo que se repete: "aspirou o ar" e "aspirou à glória". Tal verbo:

a. apresenta a mesma regência e o mesmo sentido nas duas orações
b. embora apresente regências diferentes, ele tem sentido equivalente nas duas orações
c. poderia vir regido de preposição também na primeira oração sem que se modificasse o sentido dela
d. apresenta regências e sentidos diferentes nas duas orações
e. embora tenha o mesmo sentido nas duas orações, ele apresenta regência diferente em cada uma delas

7. (FFCL SANTO ANDRÉ) Assinale a alternativa em que a regência verbal está correta:

a) Prefiro mais a cidade que o campo.
b) Chegamos finalmente em Santo André.
c) Esta é a cidade que mais gosto.
d) Assisti ao concerto de que você tanto gostou.
e) Ainda não paguei o médico

8. (SANTA CASA) Observe as frases seguintes:

I - Pedro pagou os tomates.
II - Pedro pagou o feirante.
III - Pedro pagou os tomates ao feirante.

Assinale a alternativa que teve considerações corretas sobre tais frases:

a. Estão corretas apenas a I e II porque o verbo pagar é transitivo direto.
b. A II está errada, porque pagar tem por objeto um nome de pessoa, é transitivo indireto(o certo seria "ao feirante").
c. Apenas a I está correta.
d. A frase III é a única correta e pagar é transitivo direto nesta frase.
e. Todas as frases estão construídas conforme as regras de regência do verbo pagar.

9. (FUMEG-MG) Com referência à regência do verbo assistir, todas as alternativas estão corretas, exceto em:

a) Assistimos ontem um belo filme na televisão.
b) Os médicos assistiram os doentes durante a guerra.
c) O técnico assistiu os jogadores no treino.
d) Assistiremos amanhã a uma missa de sétimo dia.
e) Machado de Assis assistia em Botafogo.

10. (UEPG-PR) A alternativa incorreta de acordo com a gramática da língua culta é:

a) Obedeça o regulamento.
b) Custa crer que eles brigaram.
c) Aspiro o ar da montanha.
d) Prefiro passear a ver televisão.
e) O caçador visou o alvo.

GABARITO

1 – A    2 – E     3 – C    4 – D     5 – C
6 – D    7 – D    8 – B    9 – A    10 – A

Prof. Maurício Fernandes da Cunha

Leia também:

REGÊNCIA VERBAL - II
Erros Comuns da Língua Portuguesa - II
Processos de Formação de Palavras II - Composição e Outros Processos
Processos de Formação de Palavras II - Derivação
Plural dos Substantivos Compostos

VEJA TAMBÉM:

www.veredasdalingua.blogspot.com.br
PREPARE-SE PARA OS PRINCIPAIS VESTIBULARES DO PAÍS. ADQUIRA AGORA MESMO O PROGRAMA 500 TEMAS DE REDAÇÃO!





Nenhum comentário:

Postar um comentário