Seguidores

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Temas de redação – Mackenzie – 2008 – 1º semestre

Temas de redação – Mackenzie – Vestibular  1º semestre - 2008



REDAÇÃO

Redija uma dissertação a tinta, desenvolvendo um tema comum aos textos abaixo.

Texto I

descartável

• adjetivo de dois gêneros
• que pode ou deve ser descartado

1 que não se destina a conservar nem a consertar; que se deita fora após uma ou mais utilizações (diz-se geralmente de objeto facilmente substituível)

Ex.: <barbeador descartável> <seringa descartável> <fralda descartável>

2 Derivação: sentido figurado, que se caracteriza por ser passageiro, sem profundidade ou importância

Ex.: <amor descartável> <valores descartáveis> <ideia descartável>

Adaptado do Dicionário eletrônico Houaiss da língua portuguesa

Texto II

Hoje temos a cultura do descartável na relação homem-coisas, o que nos remete a outras ligações temporárias e provisórias. Há um ritmo alucinante em que tudo vai sendo suplantado por novas informações geradoras de mudanças. Esse estado transitório das verdades e das coisas reflete-se também em relações mais frágeis com as outras pessoas, levando o sujeito a um crescente individualismo e fragilizando os laços sociais.

Adaptado de Elisa Maria Barbosa Esper / Mathilde Neder

Texto III

De repente do riso fez-se o pranto
Silencioso e branco como a bruma
E das bocas unidas fez-se a espuma
E das mãos espalmadas fez-se o espanto.
[...]
Fez-se do amigo próximo o distante
Fez-se da vida uma aventura errante
De repente, não mais que de repente.

Vinicius de Moraes


Mackenzie – Vestibular 2008 - 1º semestre – Processos de Transferência Interna

REDAÇÃO

Redija uma dissertação a tinta, desenvolvendo um tema comum aos textos abaixo.

Texto I

“Tia, você acha que dá para a gente viver de ‘cavocar’ madeira?”, perguntou um menino à artista plástica Elisa Brachelar, numa aula de xilogravura. Ela parou um minuto para pensar. Sim, pois ela vive justamente de “ ‘cavocar’ madeira” – suas esculturas já lhe renderam prêmios dentro e fora do Brasil. No caso do pequeno aprendiz, a pergunta faz ainda mais sentido: ele, na favela onde mora, nasceu e cresceu mexendo justamente em madeira, seja ajudando os pais a construir barracos, seja fazendo seus próprios brinquedos.

Adaptado da revista Continuum Itaú Cultural

Texto II

Artistas de todo o Brasil dedicam boa parte de seu tempo a ensinar sua arte às futuras gerações. Desenvolver a cidadania, elevar a autoestima, levar a arte ao domínio público, ensinar uma nova profissão, combater a criminalidade, promover a inclusão social: são vários os motivos que fazem esses artistas deixarem por alguns momentos sua criação de lado para pensar no bem comum.

Mariana Sgarioni

Texto III

É dever da família, da sociedade e do Estado assegurar à criança e ao adolescente [...] o direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária, além de colocá-los a salvo de toda forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão.

Constituição Brasileira

PREPARE-SE PARA OS PRINCIPAIS VESTIBULARES DO PAÍS. ADQUIRA AGORA MESMO O PROGRAMA 500 TEMAS DE REDAÇÃO!




Leia também:

Nenhum comentário:

Postar um comentário